O que fazer em Chicago de graça

O que fazer em Chicago de graça

Tempo estimado de leitura: 5 min

Chicago possui diversas atrações, algumas pagas e outras gratuitas. Nesse post listamos algumas opções do que fazer em Chicago de graça para ajudar na economia da sua viagem.


Como já comentei no post sobre o CityPASS, Chicago é uma cidade cara! Mas ainda assim é possível economizar em uma visita. Isso porque a cidade é repleta de parques e atrações de arte que podem ser visitados gratuitamente.

A maioria das atrações gratuitas é ao livre e, infelizmente, não casam nada bem com o inverno. Portanto, se visitar Chicago no verão será muito mais fácil economizar. Já se sua viagem for no outono/inverno, recomendo avaliar o Chicago CityPASS como uma boa opção de economia.

(clique para ir direto ao tópico de interesse)

O que fazer em Chicago de graça

Chicago Botanic Garden

O Jardim Botânico de Chicago é uma das opções gratuitas de Chicago. Possui mais de 45 anos de existência e é um grande museu de plantas a céu aberto e um centro de pesquisa e conservação.

Chicago Botanic Garden

Situado na região norte da cidade, não é tão visitado quanto merecia, por ficar longe das atrações mais famosas.

Nós mesmos acabamos por não conhecer pela distância e falta de tempo, mas se nossa visita tivesse acontecido no verão ou na primavera, teria sido um estímulo para visitarmos o Chicago Botanic Garden.

Endereço: 1000 Lake Cook Road
Funcionamento: o parque abre todos os dias do ano com horários variáveis (recomendo consultar o site oficial para organizar sua visita).

Voltar ao índice do post

Chicago Cultural Center

O Centro Cultural de Chicago é um edifício belíssimo inaugurado em 1897. Possui em sua arquitetura detalhes que merecem uma visita guiada gratuita.

Chicago Cultural Center

As visitas guiadas gratuitas acontecem de 4ª a sábado, sempre às 13:15. Maiores informações no site oficial.

Construído originalmente para ser a Biblioteca Pública da cidade, hoje abriga anualmente centenas de atividades culturais gratuitas.

Endereço: 78 E. Washington St.
Funcionamento: de 2ª a 6ª feiras das 10:00 às 19:00. Sábados e Domingos das 10:00 às 17:00. Funciona em alguns feriados, mas fica fechado em outros (recomendo consultar o site oficial para organizar sua visita).

Voltar ao índice do post

Chicago Greeter

O Chicago Greeter não é uma atração em si, mas é uma ótima forma de conhecer Chicago de graça. São voluntários que se oferecem para um passeio guiado e personalizado pela cidade.

É como se fosse aqueles Walking Tours oferecidos em diversas cidades do mundo, só que totalmente gratuito (são voluntários mesmo e não aceitam nem gorjetas).

Para participar é importante se registrar no site oficial com pelo menos 10 dias de antecedência da sua visita. Dessa forma irão encontrar um guia que se encaixe nas suas opções de interesse para criar um passeio personalizado para o seu grupo.

O Chicago Greeter possui até guias que falam português! Nós fizemos um passeio com o guia Ken (americano mas morou alguns anos no Brasil) que nos mostrou uma Chicago totalmente diferente do que vemos retratadas nos blogs e guias de viagem.

Voltar ao índice do post

Garfield Park Conservatory

Localizado na parte oeste da cidade, porém totalmente acessível por metrô o Garfield Park Conservatory é um dos maiores conservatórios de plantas dos Estados Unidos. E uma ótima opção de passeio gratuito em Chicago.

Garfield Park Conservatory

Apesar de apresentar jardins externos, a maior atração são as estufas gigantes representando diversos ambientes.

Endereço: 300 N. Central Park Ave.
Funcionamento: diariamente de 9:00 às 17:00 e às 4ª feiras de 9:00 às 20:00 (recomendo consultar o site oficial para organizar sua visita).

Apesar da entrada oficialmente gratuita, eles solicitam uma doação para o visitante.

Voltar ao índice do post

Grant Park

O Grant Park é o maior parque público de Chicago e abriga diversas atrações como a Buckingham Fountain, o Instituto de Arte de Chicago, o Museu de História Natural e o Aquário.

Buckingham Fountain
Buckingham Fountain

É no Grant Park que normalmente acontecem os principais eventos da cidade, como a largada e chegada da Maratona de Chicago e o Loolapalooza

Endereço: Columbus Drive
Funcionamento: livre

Voltar ao índice do post

Lincoln Park Zoo

O Lincoln Park Zoo é um dos mais antigos zoológicos da América do Norte e um dos poucos zoológicos gratuitos dos Estados Unidos.

Lincoln Park Zoo

É considerado “um mundo de vida selvagem na sombra dos arranha-céus”. E acho que essa frase representa realmente um pouco do real contraste entre a tranquilidade da natureza e o concreto do skyline.

Endereço: 2001 N Clark St
Funcionamento: aberto diariamente, mas com horário de funcionamento variável (recomendo consultar o site oficial para organizar sua visita).

Voltar ao índice do post

Maggie Daley Park

O Maggie Daley Park é um dos parques mais novos de Chicago, inaugurado em 2014.

Maggie Daley Park

Possui uma área enorme de recreação para crianças (menores de 12 anos), além de parede de escalada, quadras de tênis e pista de patinação no gelo (apenas no final do outono e durante o inverno).

Endereço: 337 E. Randolph St.
Funcionamento: livre

Voltar ao índice do post

Magnificent Mile

A Magnificent Mile não é exatamente uma atração ou um parque. Ela é a parte norte da Michigan Avenue e representa a mais famosa área de compras da cidade, com diversas lojas de marcas famosas.

Magnificent Mile

Devo destacar que falei “mais famosa área de compras” e não “melhor”, já que essa é uma das regiões mais caras da cidade.

Mas ainda assim podemos considerar um passeio gratuito em Chicago, já que essa rua é muito bem cuidada, com canteiros sempre floridos e possui algumas construções importantes da cidade.

Voltar ao índice do post

Millenium Park

Um dos mais famosos parques públicos dos Estados Unidos, o Millenium Park é até bem novinho, 2004, e transformou a área no seu entorno numa das mais caras do país.

Millenium Park

O Millenium Park é palco de diversos eventos musicais e culturais, todos gratuitos.

É lá que encontramos duas das mais famosas obras de arte de rua de Chicago: Cloud Gate (popularmente conhecido como “feijão”) e a Crown Fountain (que só “cospe água” nas épocas de verão, já que no inverno tudo congela).

Crown Fountain
Crown Fountain

Endereço: 201 E. Randolph St.
Funcionamento: Livre

Voltar ao índice do post

O Navy Pier é o principal ponto turístico de Chicago.

É um píer com mais de 1km de extensão no Lago Michigan. Abriga diversas lojas, atrações, entretenimentos e até um pequeno parque de diversões.

Navy Pier

É do Navy Pier que saem alguns passeios de barco e cruzeiros pelo lago, mas funcionam basicamente no verão.

Apesar das suas atrações, como a roda gigante, o Chicago Children’s Museum e o teatro serem pagas, o passeio pelo Navy Pier é gratuito.

Endereço: 600 E. GRAND AVENUE
Funcionamento: Diariamente, exceto nos feriados de Thanksgiving e Natal, porém o horário de funcionamento é variável (recomendo consultar o site oficial para organizar sua visita).

Voltar ao índice do post

Riverwalk

O Riverwalk é um cais na beira do Rio Chicago, com praças, restaurantes e estruturas para apreciar os dias de sol.

Chicago Riverwalk

Por lá você pode encontrar passeios de caiaque pelo rio, além de cruzeiros guiados sobre a arquitetura da cidade.

Na verdade, o Riverwalk é fruto de um grande trabalho de despoluição do rio Chicago, que já foi um canal fedorento.

No inverno, o passeio não é tão agradável já que o próprio rio canaliza os fortes ventos da cidade.

Voltar ao índice do post

Ruas de Chicago

Pode parecer estranho, mas as ruas de Chicago são uma verdadeira atração gratuita. Tanto pela arquitetura quando pela arte.

arte nas ruas de chicago

Não é muito difícil dobrar uma esquina e encontrar uma escultura de Picasso, por exemplo.

São várias obras espalhadas pela cidade, incluindo murais. Até no “subterrâneo” encontramos galerias de artes abertas.

Voltar ao índice do post

Conclusão

Como você pôde perceber, são diversas opções de atividades para fazer em Chicago de graça. As opções gratuitas em Chicago vão desde parques abertos, passando por zoológico e até galerias de arte.

Portanto, apesar de Chicago ser realmente uma cidade cara, é super possível encontrar formas de economizar e aproveitar sua viagem.


Que tal você ajudar na escolha dos conteúdos do blog? Gostaria de ver algumas dessas atrações detalhadas em um post exclusivo? Conta pra gente nos comentários!

Todas as fotos não creditadas utilizadas nesse post são livres de direitos autorais.

*Esse é um blog independente e todas as opiniões, recomendações e sugestões são baseadas em experiência própria.*

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.