Ilha de Santo Aleixo

Ilha de Santo Aleixo em Pernambuco – o paraíso perto de Porto de Galinhas

*Viagem de casal com criança de 7 anos em Janeiro de 2018.

Uma ilha de mar azul transparente, paz e tranquilidade a meio caminho entre Porto de Galinhas e Carneiros. Assim é a Ilha de Santo Aleixo, um paraíso pouco explorado no litoral sul de Pernambucano.

Se você achou Porto de Galinhas agitada demais ou a maré não está baixa o suficiente para curtir as piscinas naturais, a Ilha de Santo Aleixo é o lugar ideal para passar um dia maravilhoso em família.

Praia da Ferradura - Ilha de Santo Aleixo
Praia da Ferradura – Ilha de Santo Aleixo

A Ilha é uma propriedade particular, mas o uso de suas praias é permitido de forma limitada: apenas 80 pessoas podem entrar na ilha por dia. Isso porque estamos falando de uma área de preservação ambiental, então todo o cuidado com o meio ambiente é pouco.

Para não perder nenhuma postagem, que tal seguir o Vem que te Conto no Facebook, no Instagram e no Twitter?

A Ilha de Santo Aleixo pertence administrativamente ao município de Sirinhaém e os passeios saem de Barra de Sirinhaém.

Historia da Ilha de Santo Aleixo

No ano de 1531 corsários piratas franceses invadiram o litoral sul de Pernambuco para saquear.  Depararam-se com uma ilha linda a qual era muito rica na madeira do Pau Brasil, hoje chamada de Ilha de Santo Aleixo. Infelizmente devastaram quase todo o Pau Brasil da Ilha – eram mais de 3 mil espécies de Pau Brasil e só deixaram 3 pés dentro da ilha. 😦

Nessa época o Brasil já era dominado por portugueses fortemente armados que expulsaram os franceses em uma batalha ocorrida na própria Ilha de Santo Aleixo.

Após a batalha, Padres Franciscanos celebraram a 1ª missa na ilha e colocaram um crucifixo no ponto mais alto da ilha para marcar o tratado de paz entre a França e Portugal. Hoje uma réplica da cruz serve para mostrar o caminho de volta para o continente.

Dessa missa surgiu o nome da trilha que percorremos na Ilha de Santo Aleixo: Trilha dos 30 Padres Franciscanos.

Ilha de Santo Aleixo – como ir:

A Monteiros Tur é a única empresa de turismo que faz passeios até a Ilha de Santo Aleixo.

O passeio inclui a travessia de lancha de ida e de volta à ilha e um guia no local. As cadeiras, guarda-sol e passeio de caiaque também estão inclusos no serviço oferecido pela Monteiros Tur. O valor é de R$70,00 por pessoa (em janeiro de 2018 – conferir valores atualizados junto à empresa) e o passeio completo dura de 5 a 6 horas.

Devido a quantidade limitada de pessoas permitida na ilha, é extremamente recomendado agendar o passeio com antecedência.

O passeio começa na sede da Monteiros Tur em Barra de Sirinhaém. De lá os visitantes seguem a pé, numa caminhada de 5 minutos até a beira do rio de onde partem as lanchas. Nessa caminhada a gente já consegue sentir o gostinho do que vem pela frente, já que a Ilha de Santo Aleixo está bem ali pertinho nos dando o ar da graça!

Sede da Monteiros Tur
Sede da Monteiros Tur
Vista da Ilha de Santo Aleixo em Barra de Sirinhaém
Olha ela lá, esperando pela gente.

A travessia de lancha dura em torno de 5 minutos e não balança, então não tem grandes problemas para quem enjoa em catamarã. A segurança é item indispensável por isso todos precisam estar de coletes salva-vidas.

Lancha de transporte até a Ilha de Santo Aleixo
Uma das lanchas para travessia.

Saindo da barra do rio e entrando no mar, já começamos a ver aquela água azul que a gente respeita!!!

Chegando na Ilha de Santo Aleixo.
Chegando no paraíso.

Logo chegamos à Ilha de Santo Aleixo. A lancha atraca bem na praia onde estão as cadeiras e guarda-sol e bem ao lado do restaurante flutuante onde são servidas as refeições e bebidas (escolhidas no cardápio com valores normais para a região).

A água nesse ponto da praia não estava tão clara, provavelmente pela maré alta e a movimentação da areia do fundo, mas é um mar de águas muito tranquilas, perfeito para as crianças brincarem e para os adultos relaxarem.

Ilha de Santo Aleixo
Ao fundo o restaurante flutuante.

Nesse trecho, infelizmente, estava tocando uma música um tanto quanto desconfortável vindo do restaurante flutuante. Um funk vulgar que não combinava em nada com aquela paisagem tranquila. Estava com receio de que a música continuasse até o nosso almoço, mas felizmente quando voltamos da trilha a paz já estava reinando. (Não sei se alguém reclamou ou se tiveram algum bom senso, o fato é que realmente essa parte do passeio não me agradou).

Ficamos ali até o guia nos convidar para iniciarmos a nossa trilha. Não sem antes adiantarmos nossos pedidos no restaurante para que na volta já pudéssemos nos servir com o almoço.

A trilha começa bem ao lado de onde estávamos. As pedras no começo são um pouco escorregadias, mas nada que coloque a trilha em um nível difícil. O pessoal da Monteiros Tur também ajuda bastante, são super solícitos (até levaram nossa filha no colo por um trecho porque a sandália dela arrebentou).

Início da trilha para a Praia da Ferradura - Ilha de Santo Aleixo
Início da trilha para a Praia da Ferradura

Recomendo não ir descalços na trilha. Como a Ilha de Santo Aleixo é de origem vulcânica, esse trecho é em pedras e que no calor esquentam demais! Nós fomos de havaianas, mas ainda não é o calçado ideal (tanto que a da filhota arrebentou). Sugiro sapatilhas de neoprene.

O guia é super gente boa, uma figura! E conta um pouco da história da ilha durante o passeio.

A trilha nos faz subir até o ponto mais alto da Ilha de Santo Aleixo e a vista de lá de cima é de tirar o fôlego!!!

Depois iniciamos a descida até o paraíso. A Praia da Ferradura é aquele local de paz, tranquilidade e águas transparentes que você sempre sonhou visitar.

Chegando na Praia da Ferradura - Ilha de Santo Aleixo
Praia da Ferradura

E graças a formação vulcânica, as várias rochas no fundo da água viraram moradias para diversos tipos de peixes e por isso a Praia da Ferradura é um local fantástico para snorkeling, e ainda tem a grande vantagem de não ter nenhum coral! A flutuação é bem tranquila e a profundidade da água não varia muito.

Panorâmica da Praia da Ferradura - Ilha de Santo Aleixo
Panorâmica da Praia da Ferradura

Ficamos ali um bom tempo desfrutando daquela paz e tranquilidade que só a Ilha de Santo Aleixo poderia nos proporcionar no tumultuado mês de janeiro.

Na volta para o almoço não precisamos refazer a trilha. Como a maré estava alta as lanchas da Monteiros Tur puderam entrar na Praia da Ferradura e nos levaram de volta ao local do restaurante. Se a maré estiver baixa isso não é possível e todos precisam voltar andando pela trilha novamente.

Infelizmente o nosso almoço demorou bastante para ser entregue, mesmo tendo feito os pedidos com antecedência.

Após o almoço ainda sobrou tempo para uma brincadeirinha no caiaque e mais uns bons mergulhos até dar a hora de retornarmos. Voltamos na última lancha do dia (3 da tarde).

O passeio terminou com gostinho de quero mais.


*Gostaria de agradecer Monteiros Tur pela cortesia no passeio, mas ressalto que todas as opiniões, recomendações e sugestões são baseadas em experiência própria.*


Na hora de planejar e reservar suas viagens, lembre-se que você pode fazer as reservas de hotéis, carros , seguro viagem e compra de ingressos diretamente no nosso blog. Você não paga nada a mais por isso e ainda contribui com uma comissão para ajudar o blog a melhorar cada vez mais.

Nós só indicamos os serviços que testamos e aprovamos.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s