Ecomuseu Itaipu – Um pouco da história da maior hidrelétrica do mundo.

*Viagem de casal com criança de 6 anos em Janeiro de 2017.

O Ecomuseu de Itaipu foi uma grata surpresa em nossa viagem. Eu sabia que encontraria um museu, com uma previsão de visitação de 1 hora e que contaria um pouco da história da construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu. O que eu não imaginava é que eu encontraria um museu vivo, que me encantou e me prendeu de tal forma que 1 hora foi pouco para sua visitação! Acompanhem o post que eu já explico. 😉


No post anterior (Refúgio Biológico) contei um pouco sobre todos os passeios que a Turismo Itaipu oferece na área da Usina Hidrelétrica de Itaipu.


O QUE É UM ECOMUSEU:

Antes de qualquer coisa, preciso explicar sobre o que se trata o termo “ecomuseu”.

Muita gente pensa que o prefixo “eco” está relacionado diretamente a ecológico, ou seja, um ecomuseu seria um museu ecológico. Mas não é bem assim.

“Ecomuseu é uma ação museológica consciente da comunidade com o objetivo de desenvolver o território que habita, a partir da valorização da história local e do patrimônio (natural e cultural) nele existente.” (NOPH/ Ecomuseu de Santa Cruz – Jornal Quarteirão).

Dessa forma, um ecomuseu é um tipo de museu em que os membros da comunidade participam do seu desenvolvimento e manutenção. É aí que entra a questão do museu vivo que comentei no início do texto: no Ecomuseu de Itaipu trabalham ex-funcionários que participaram da construção da usina, que conhecem cada pedaço daquela barragem! E eles têm muita história para contar!!! E eu, como Engenheira Civil e apaixonada por grandes obras, fiquei literalmente de queixo caído e olhos brilhando por ter a oportunidade desse contato tão próximo e tão real com a construção de Itaipu!

ECOMUSEU DE ITAIPU:

“Uma volta ao passado conduzida por instalações e equipamentos que permitem interação e maior realismo à experiência. O espaço recria cenários que vão do período pré-histórico à povoação de Foz do Iguaçu e à construção da usina.”

A exposição já começa nos jardins do Ecomuseu com a presença de equipamentos utilizados durante a época do engenho e o caminhão gigante.

Jardins do Ecomuseu Itaipu

Devido ao calor de janeiro, não ficamos muito na parte externa e partimos para o interior refrigerado.

Começamos a parte interna com uma sala que conta um pouco da história da região desde eras antigas até a década de 80 (antes da construção da usina). Muito material que foi encontrado durante a escavação para construção da usina.

Na segunda sala temos um grande painel com fotos 3×4 de todos os funcionários que trabalharam na construção da usina, uma grande maquete da usina e da área que foi posteriormente alagada, além de quadros contando as etapas de construção.

Maquete Hidrelétrica de Itaipu

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seguindo caminho entramos na sala da réplica do eixo da turbina. Já que com crianças não é possível fazer a visita especial no interior da usina, uma réplica (ainda que em tamanho reduzido) nos dá uma ideia da grande dimensão da usina.

Réplica do eixo da turbina Itaipu

Logo após entramos no que hoje é o “carro chefe” do ecomuseu: uma grande maquete de piso mostrando toda área da bacia hidrográfica do Paraná.

Ecomuseu Itaipu

Ecomuseu Itaipu

Acessamos, também, uma sala mostrando um pouco de como foram feitas as escavações geológicas da região além de vários animais taxidermizados, além de flora da região.

Ecomuseu Itaipu

E por fim, muito material histórico fazendo parte da reserva técnica da usina.

Com certeza é uma passeio importante para conhecer um pouco mais sobre a enorme Hidrelétrica de Itaipu e eu recomendo que seja feito em conjunto com a Visita Panorâmica.

Funciona de terça a domingo das 8:00 às 17:00.

Os valores podem ser conferidos no site (https://www.turismoitaipu.com.br/pt/atracoes/ecomuseu), pois eles possuem vários descontos aplicáveis.

Fiquem atentos a distância entre o Centro de Visitantes e o Ecomuseu. É uma distância considerável para ser feita a pé, principalmente com crianças e no sol quente. Eles até possuem transporte, mas apenas em alguns horários pré-definidos. 😦


Se quiser saber mais sobre Foz do Iguaçu, não deixe de ler nosso Roteiro de 8 dias em Foz do Iguaçu e dicas de 20 passeios pela região.

Continue acompanhando nossas séries de postagens sobre Foz do Iguaçu para descobrir ainda mais desse destino encantador. 🙂

*Gostaria de agradecer ao Turismo Itaipu pela cortesia no ingresso, mas ressalto que todas as opiniões, recomendações e sugestões são baseadas em experiência própria. Reservando através de algum link do programa de afiliados no nosso blog, você não pagará nada a mais por isso e ainda contribuirá com uma comissão para ajudar o blog a melhorar cada vez mais.*

Gostou das nossas informações? Então que tal seguir o blog por e-mail, no Instagram e em nossa página no Facebook para não perder nenhuma postagem? 🙂

E na hora de planejar e reservar as viagens, lembre-se que você pode fazer as reservas de hotéis e carros diretamente no nosso blog. Você não paga a mais por isso e ainda contribui com uma comissão para ajudar o blog a melhorar cada vez mais.

Nós só indicamos os serviços que testamos e aprovamos.

Procurando hotel em Foz do Iguaçu?

Utilize o banner do Booking localizado na lateral direita do blog, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso e ainda fornece uma pequena comissão para o blog.

Quer alugar um carro em Foz do Iguaçu?

Utilize o banner da Rentcars localizado na lateral direita do blog, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso e ainda fornece uma pequena comissão para o blog.

6 comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s