Viagens em Família e o Ano Letivo Escolar

Viajar em Família normalmente requer uma programação de datas. Por menor que seja a viagem e por mais improvisada é sempre necessário acompanhar o calendário, ver feriados, férias dos pais que trabalham e por aí vai.

É de senso comum que viajar fora das férias escolares é mais barato, existem muitas promoções de aéreo, os hotéis também estão com preços acessíveis. As lotações nos destinos são menores e o clima costuma ser mais agradável (normalmente primavera e outono).

Motivada pela Blogagem Coletiva lançada por um grupo de Blogueiros de Viagem em Família essa semana, resolvi contar um pouquinho como tem sido a nossa experiência em programar as viagens com a nossa pequena.

Sempre ensinei que escola é o compromisso mais importante das crianças (assim como o dos pais é o trabalho). Nunca a estimulei a faltar aulas, estivesse frio, chovendo ou até um pouco resfriada. Mas, sempre li e estudei que viajar também é uma grande forma de aprendizado. Conhecemos novos lugares, instigamos a noção de geografia, vivenciamos novas culturas, integramos novos idiomas, e por aí vai.

Para não perder nenhuma postagem, que tal seguir o Vem que te Conto no Facebook, no Instagram e no Twitter?

Até o ano passado ela estava no ensino infantil, pré-escolar, e desde 1 aninho na mesma escola. Assim, nós sabíamos com tranquilidade como era o desenvolvimento escolar dela. Sabíamos que se escapássemos alguns dias, ela não ficaria tão prejudica na classe.

E conseguimos fazer com tranquilidade algumas viagens em que ela perdesse alguns dias de aula.

Mas sabíamos que quando ela chegasse ao Ensino Fundamental, isso teria que ter um fim. 😦

Então, ano passado, em 2015, para dar adeus a essa facilidade de viajar em baixa temporada, aproveitamos 15 dias em Orlando! Nos despedimos da baixa temporada com chave de ouro! E de quebra o inglês da pequena voltou mais afinado.

Esse ano (2016) a pequena entrou no Fundamental I (alfabetização) e para deixar nossas viagens mais difíceis, em uma escola nova, com um sistema de ensino construtivista (o que torna a reposição das aulas em casa bem complicada).

Como resolvemos isso?

Simples: planejando melhor nossas viagens!

Que tal uma Road Trip em Janeiro pelo estado do RJ? Não gastamos com passagens aéreas, aproveitamos estadias na casa de parentes e pegamos pousadas com valores em conta. E assim fizemos, por exemplo, Penedo no Verão, Parque Nacional do Itatiaia24 horas em Petrópolis.

Em maio/junho foram as minhas férias no trabalho. Faltar muitos dias de aula era inviável! Então, momento perfeito para aproveitar uma viagem a 2! E Fizemos Lima, Cusco e Machu Picchu no Peru.

Já para aproveitarmos as Olimpíadas, foi necessário que a pequena faltasse 2 dias de aula. Que sufoco para colocar a matéria em dia! O método construtivista gera muitas atividades que vão conectando o aprendizado e colocar isso em dia não é fácil!

Em Setembro, mais 2 dias de aulas perdidos para fazermos Beto Carrero World com economia e Curitiba. Mais uma vez um certo trabalho para colocar as atividades em dia.

O que eu aprendi com esses 4 dias de aulas perdidos? Podem até não atrapalhar diretamente no aprendizado, mas é cansativo colocar tudo em dia!

Portanto, cheguei a conclusão que faltar mais dias de aulas, só se houver algum apoio da escola, como aulas extras de reposição (com custo a parte, sem problemas), mas que tenha uma professora específica do método para nos ajudar.

Sobre viajar na alta temporada (férias escolares) ser mais caro:

Para janeiro de 2017 vamos fazer uma viagem que envolve aéreo pela primeira vez em alta temporada. E percebi que fechando com antecedência não dá para sentir tanto o impacto do preço. Em julho, por exemplo, as passagens para janeiro ainda tinham preço de baixa temporada. E os hotéis também!

Então, mais uma vez digo: o segredo é o planejamento!

E para ajudar no planejamento das famílias viajantes, já viram as dicas de feriados em 2017 e as possibilidades de datas para as viagens? Nós temos um post contando tudinho. 😉

*Esse é um blog independente e todas as opiniões, recomendações e sugestões são baseadas em experiência própria.Reservando através de algum link do programa de afiliados no nosso blog, você não pagará nada a mais por isso e ainda contribuirá com uma comissão para ajudar o blog a melhorar cada vez mais.*


Na hora de planejar e reservar as viagens, lembre-se que você pode fazer as reservas de hotéis, carros e seguro viagem diretamente no nosso blog. Você não paga nada a mais por isso e ainda contribui com uma comissão para ajudar o blog a melhorar cada vez mais.

Nós só indicamos os serviços que testamos e aprovamos.

 

banner

Para conhecer o que pensam outros Blogueiros de Família sobre o assunto, segue os links dos blogs de todos que participaram dessa Blogagem Coletiva:

Viagens que Sonhamos

Viajar hei

Vamos Por Aí 

Diário de Viagem 

Viajo com filhos

Felipe, o pequeno viajante 

Cantinho de Ná 

Família Viagem

Viajando em Familia

Do RS para o Mundo

Passeiorama 

De Primeira Viagem

TripBaby

Dicas da Rege

Trilhas e Cantos

Andreza Dica e Indica 

O Rei do Hotel 

Ases a Bordo

No mundo com a Gente 

Ferinhas Viajantes

Vem pro Parque

Malas e Panelas

Para a Disney e além 

Descansa na Volta

Roteiro Renatours

Espelho de Si

Gosto e Pronto

Malas e Malinhas

Mel a Mil pelo mundo

28 comments

  1. Adorei ler a sua experiência, principalmente a dica de que se comprar com bastante antecedência a alta temporada não sai tão cara. Não existe receita, cada família vai encontrando seus caminhos e no final dá tudo certo! Boas viagens para vocês! 🙂

    Curtir

  2. Assino embaixo, Aline! Já fiz muita viagem em alta temporada sem tanta diferença de preço, pois planejo com até 1 ano de antecedência. É um pouco mais caro sim, mas nada tão dramático. E valorizar a importância da escola é fundamental, né? Um beijo!

    Curtir

  3. oi Aline
    A palavra planejamento apareceu em vários artigos. Realmente, não dá para conciliar escolas com viagens sem um bom plano de ataque.
    Concordo contigo que para fazer viagens internacionais em alta temporada o segredo é antecedência… é o tal planejamento. =)
    Adriana

    Curtir

  4. Nós também experimentamos roteiros alternativos durante esse ano. E adoramos!!
    Às vezes é preciso um empurrãzinho para abrir nossos horizontes. E isso que é bacana ensinar nossos filhos, flexibilidade!!
    Adoramos ter você no grupo! Seja bem vinda!
    beijão, Fran

    Curtir

  5. Janeiro vamos encarar Alta Temporada tb. Uma viagem surpresa pra minha filha, mas como as promoções estavam imperdíveis de milhagens e de passagem não resistimos e vamos de Alta Temporada mesmo… kkkkk

    Mas as férias mesmo, valendo, são em Novembro. Essas já começamos até a pagar…rsrsrsrs.

    Na escola dos meus filhos a direção já sabe dos períodos loucos que viajamos, este ano minha filha abriu até mão da formatura do 5 ano para viajar. As fotos do convite, o dia que vão tirar as medidas pra beca vai tudo acontecer na época da nossa viagem, mas ela optou por viajar conosco e não participar da formatura., rsrsrsrs.

    Estou achando um pouco de dificuldade pra achar hotéis/pousadas ou até mesmo apt. pra aluguel de temporada pra Janeiro, mas continuo na pesquisa…rs

    Curtir

    1. Alta temporada não é facil mesmo.
      Aqui fechamos hotel antes do voo.
      Pegamos preço de baixa.
      Já o voo deu trabalho. Fiquei esperando e só subia. Tive q mudar a data do hotel 3 vezes até encaixar num voo menos caro.
      A preocupação agora é q terei 15 dias de férias em abril! Kkkk

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s